Documentário
VINHO

de André Laranjinha

25 mai | 21h30

Vinho, 2018, documentário

57’, cor, stereo

25 maio 2018

21h30 | Blackbox

Entrada gratuita (limitada a 100 lugares)

/

SINOPSE

Ilha do Pico, Açores. Uma crosta de lava no meio do oceano Atlântico, onde os habitantes, à falta de terra boa, cravaram a vinha na pedra.

Fustigada pelo rocio do mar e pelo frio do inverno que desce a montanha, a vinha vinga na secura da pedra com a ajuda de homens, cuja vida gira em grande parte à volta da cultura da vinha e do vinho.

Na ilha do Pico, as adegas, mais do que lugares onde se guarda o vinho, a água-ardente, os licores, são lugares de portas abertas ao encontro, à partilha, à discussão, à música, ou ao recato no final de um dia de trabalho.

/

FICHA TÉCNICA

Com Estolano Matos, Manuel Matos, Jorge Henriques, Luís Goulart, Manuel Oliveira, Ricardo Melo, Edilberto Garcia, José Silva, José Rodrigues, Solange Garcia, Manuel Alberto Silveira, Francisco Goulart, José Guilherme Goulart, Rafael Carvalho, Lino Costa, Luís Oliveira, Leonel Ventura, Manuel Costa, Ricardo Oliveira, José Martinho, Idalmiro Melo, Alice Henriques, Vitor Matos, Maria Matos, José Batista, Gerry Silveira, Pedro Macedo, Manuel Tomás, Duarte Pereira, Carlos Silveira, Orlando Martins, César Carvalho, Amadeu Magalhães, Raimundo Leonardes, José Pereira e Daniel Garcia.

Ideia / argumento João da Ponte e André Laranjinha

Realização André Laranjinha

Som directo / imagens adicionais Paulo Renato Garcia

Montagem André Laranjinha e Sudip Chattopadhyaya

Mistura de som Paulo Machado

Produção Alice’s House, Moby Dick / Agecta – Agência para a Coesão Territorial, Museu do Pico

Diretor de produção João da Ponte

Assistente de produção Pedro Gouveia

Músicos Rafael Carvalho, viola da terra, Orlando Martins, viola da terra e voz, César Carvalho, violão, Amadeu Magalhães, cavaquinho, Daniel Garcia, voz

Músicas

Origens, Rafael Carvalho

Pezinho Velho, Tradicional da ilha de São Miguel

Chamarrita Nova, Tradicional da ilha do Pico

Moro ali à Cruz da Grota, José Inácio Garcia de Lemos

Chamarrita do Pico, Tradicional da ilha do Pico

Violas da Terra construídas por Raimundo Leonardes Topo, ilha de São Jorge

Agradecimentos Ana Ferreira, Ana Mafra, Bento Silva, Blanca Martín-Calero, Diana Diegues, Diogo Fonseca, Ernesto Rodrigues, Ezequiel Silva, Fernando Nunes, Francisco Melo Bento, Francisco Paím, Gisela Silva, Hélia Garcia, João Albergaria, João Carvalho, Júlia Garcia, Laurisabel Serpa, Manuel Francisco Costa Jr., Manuel Serpa, Maria Emanuel Albergaria, Maria Isabel Oliveira, Maria Matos, Nuno Marques da Silva, Oficinas de São Miguel, Paulo Martinho, Pedro Bento, Tiago Carvalho, Violeta Laranjinha, Alojamento Villa da Madalena, Café Caracol, Restaurante A Parisiana, Snack-bar Arco-íris, Táxi Mário Garcia Duarte. Obrigado a toda a comunidade de São Mateus, ilha do Pico. 

Apoios A.M.I.P. – Associação de Municípios da Ilha do Pico e C.M.M. – Câmara Municipal da Madalena

Financiamento Governo dos Açores – Direção Regional da Cultura

/

NOTA BIOGRÁFICA

André Laranjinha (Lisboa, 1977) vive e trabalha na ilha de São Miguel, Açores.

É formado em pintura pela FBAUL e divide a sua actividade profissional entre as artes plásticas, o cinema, a ilustração, as artes gráficas e o ensino.

É co-fundador do atelier Alice’s House, juntamente com a designer gráfica Júlia Garcia.

Voltar à Programação