Concerto
Luís Senra

Ciclo Performativo "Geometria Sónica"

26 jan | 19h00

CICLO PERFORMATIVO GEOMETRIA SÓNICA

Curadoria dos Programadores do TREMOR

/

Luís Senra

26 jan 2019

19h00

Blackbox

Entrada gratuita | lotação limitada

 

Luís Senra surge aqui abrindo novos domínios de expressão. Cru, duro e direto. Desconfortável mas autêntico, é natureza profunda, quase orgânica, atingindo o clímax e a quase- hipnose do minimalismo e experimentalismo. Aqui caímos numa liberdade total de interação, mas que é como poesia sem rima. Não há zona de conforto, nem porto seguro, nem rede de segurança. É seguir o som, e deixar que ele mostre o caminho.

/

Nota biográfica

Luís Senra é um saxofonista e free improviser micaelense, natural de Rabo de Peixe, que tem como foco explorar e desenvolver performances, a solo ou em parcerias, onde o foco principal é a liberdade criativa, como meio de exploração musical e de conexão direta com o público.

No seu percurso com músico destacam-se projetos como “Entre Grutas e Algares”, performance de improvisação livre a solo que levou a arte da improvisação às cavidades lávicas visitáveis dos Açores, ou a subida ao ponto mais alto de Portugal para uma improvisação a solo, com o nome de “O Silêncio da Montanha”, integrando o cartaz do Montanha Pico Festival 2017. Destacam-se também as presenças na programação de festivais como o MIA – Encontro de Música Improvisada de Atouguia da Baleia, o Serralves em Festa, maior evento da cultura contemporânea em Portugal e um dos maiores da Europa, ou o Improv Acción, micro festival de improvisação livre na cidade de Llíria, em Espanha.

Recentemente, integrou BRUMA Project, um projeto de confluência atlântica que une a música às sonoridades jazzísticas, à novidade da experimentação e ao fluir criativo da improvisação, para a tour de lançamento do álbum de estreia, e foi convidado, juntamente com FLiP, para o concerto de apresentação do álbum Cowboy Microwave Music do new-world crooner de Pittsburgh, Pensilvânia, Elliot Sheddy, que teve lugar no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas.

Voltar à Programação