Escolas

O Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, desde a sua abertura, tem vindo a implementar uma estratégia de proximidade que promove a formação, a investigação e a pesquisa através de atividades que envolvam as várias áreas artísticas da contemporaneidade.

Esta política tem estabelecido uma ligação com várias escolas, não só da comunidade local, mas também nacional e internacional, assumindo um papel importante na difusão da cultura e arte contemporânea. Para além disto, o Arquipélago através da ligação com as escolas promove uma fidelização de públicos.

São criados momentos específicos tendo em conta as características, as necessidades e os desejos do público que procura o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas.

Voluntariado

O envolvimento com a comunidade é uma das prioridades do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas. Este equipamento cultural e artístico dá a possibilidade da sociedade civil participar no projeto cultural com um papel ativo.

Para ser voluntário do Centro de Artes Contemporâneas deve enviar um email para acacinfo@azores.gov.pt. Os requisitos são a disponibilidade, a motivação, a confiança, a polivalência e o interesse por projetos culturais e artísticos. De acordo com as aptidões do voluntário, este deve escolher a área com que se identifica e pela qual tem interesse.

Ser voluntário no Arquipélago permite, por um lado ter contacto com várias áreas artísticas, e por outro uma ligação direta de proximidade com a programação cultural do Centro, para além do contato com artistas e com a criação e produção de arte contemporânea nacional e internacional. É para o Arquipélago fundamental criar um envolvimento e ligações com a comunidade local.

Famílias

Convidamos as famílias a viver experiências interligadas com a cultura e a arte contemporâneas para usufruírem momentos quer de total lazer, quer de partilha de algumas práticas artísticas.

Estes momentos oferecem aos visitantes a possibilidade da descoberta de novas linguagens culturais que misturam o trabalho artístico com o lazer, promovendo o Arquipélago relações familiares com as artes contemporâneas.