Estes sons que sou eu

Último Domingo do Mês

26 mai. 2024

For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Estes sons que sou eu (com Luís Senra e Filipa Gomes)

Último domingo do mês

26 mai. 2024

Público-alvo | jovens (a partir dos 14 anos) e adultos

Ingresso | 3€ / participante 

 

«Estes sons que sou eu» pretende explorar os sons como “objetos” autobiográficos e de autorreferência através da sua observação, escuta ativa, registo e (re)significação.
Tendo como referência a exposição «Terreno» da artista plástica Mariana Sales Teixeira, este é um convite para (re)escutar os sons que fazem parte do nosso quotidiano e refletir sobre o impacto da memória, das vivências, da estética e da disposição emocional para a atribuição de valor e significado a um “objeto”, retirando-o do lugar de mero “objeto”.

Inscrição obrigatória através do e-mail [email protected]

 

Biografias

Luís Senra é saxofonista, natural de Rabo de Peixe, procura estabelecer uma relação com os lugares e as pessoas com quem se cruza, tendo como ponto de partida os sons e a sua observação. Num processo contemplativo e de constante reação, adaptação e ajustes à realidade que o envolve, a intenção passa por atingir um ponto de integração e união com os elementos, onde os sons se complementam e se tornam parte do mesmo Todo.
Desde 2017, desenvolveu diversas performances, workshops e residências artísticas em programações de festivais de arte de diferentes ilhas dos Açores, Portugal Continental e Espanha. Em 2020, venceu o Jovens Criadores Walk&Talk, um programa que premeia autores açorianos.

Filipa Gomes é formadora e violinista na Quadrivium, associação artística – integrando, através desta, o Quarteto Quadrivium e a Sinfonieta de Ponta Delgada – e professora de violino na Academia Musical da Lagoa – Açores.
Tendo finalizado o Mestrado em Ensino de Música na vertente de violino em 2021, encontra-se em São Miguel desde 2020, onde tem vindo a desenvolver vários projetos de caráter exploratório e social, muitos deles em parceria com o músico Luís Senra. Como artista, interessa-lhe a potencialidade da palavra (escrita, dita e partilhada) e dos sons (criados ou naturais) enquanto ferramentas de expressão, evolução e conexão humanas, procurando também a sua relação com processos conceptuais, ideológicos, filosóficos e psicanalíticos.

Back to Calendar of events